Justiça autoriza arrombamento em apê de João Gilberto

Após Bebel Gilberto pedir para que a Justiça interfira no caso de seu pai, João Gilberto, foi autorizado nesta terça-feira, 03, pelo juiz Renato Lima Charnaux Sertã, da 5ª Vara de Órfãos e Sucessões, o arrombamento do apartamento onde mora o cantor, no Leblon, na zona Sul do Rio de Janeiro, revela o Terra.

Por conta de problemas na saúde de João, o juiz determinou que sejam tomadas “todas as cautelas necessárias para o cumprimento da medida, que visa sobretudo salvaguardar a saúde do cantor”, segundo informou o Tribunal de Justiça do Estado.

Interditado por Bebel devido a problemas financeiros desde o fim do ano passado, João poderá ser internado nos próximos dias. Segundo a sua ex-esposa e mãe de Bebel, Miúcha, este é o momento de levar João para fazer alguns exames que ele se recusa a fazer:

“Espero que não seja internado. A situação é difícil, ele é muito fechado, tem 86 anos e algumas questões de saúde. Está muito magrinho. A Bebel está tentando de tudo por ele. Todos queremos que o João se trate. Ele foge de médico como o diabo da cruz. Se a gente marcar, ele desmarca trinta vezes.”

Além dos problemas de saúde e financeiro,João está passando por um processo de despejo, e também responde na Justiça a processos por não ter cumprido compromissos de shows fechados por sua ex-companheira, Claudia Faissol, mãe de sua caçula, Luisa, de 13 anos. A família acredita que Claudia o tenha manipulado.

04/04/2018